La Basilique du Sacré Cœur

Paris 18ème arrondissement. La butte Montmartre . Manège et la Basilique du Sacré-Coeur * Paris 18th district. Montmartre; Merry-go-round and the Sacré-Cœur Basilica
© Paris Tourist Office – Daniel Thierry

A Basílica de Sacré Cœur fica localizada no topo da colina de Montmartre e é uma das igrejas mais bonitas de Paris. Imponente, com estilo romano-bizantino, suas cúpulas chamam a atenção e podem ser vistas de vários pontos da capital.

A HISTÓRIA
Em 1871, a França é derrotada pela Alemanha na guerra franco-prussiana (1870 -1871) o que marca a queda de Napoleão III e o fim do sistema monárquico francês. Além de perder uma parte do seu território – o que corresponde hoje à região de Alsácia-Lorena – a França ainda é obrigada a pagar uma indenização de cinco bilhões de francos de ouro para cobrir os danos causados à Prússia.
Com a queda de Napoleão III inicia-se a Comuna de Paris, um governo revolucionário onde mais de 30.000 pessoas foram mortas e boa parte dos parisienses morriam de fome. Para os católicos, esses tempos difíceis não estavam acontecendo por questões políticas e sim por questões espirituais, era uma punição de Deus. Por isso eles decidem construir uma igreja dedicada ao “culto do Sagrado Coração de Jesus” como forma de pedir perdão à Deus pelos últimos eventos e pelas faltas cometidas.
A Basílica foi construída com a participação direta do governo da Terceira República para celebrar o início de um novo regime e boa parte das obras financiada por fiéis católicos.

A ARQUITETURA
A construção começou em 1875 e terminou oficialmente em 1923. Através de um concurso, o projeto do arquiteto Paul Abadie foi escolhido. Para contrastar com as igrejas góticas da Idade Média, ele propunha um edifício inspirado na Basílica de Santa Sofia em Istambul, com um estilo romano-bizantino e grandes cúpulas. O mosaico do altar é dedicado ao Sagrado Coração de Jesus e é o maior da França. Ele representa Cristo ressuscitado, vestido de branco com um coração de ouro. Os vitrais originais foram borbardeados durante a Segunda Guerra Mundial e restaurados em 1946. O sino da igreja tem 3 metros de diâmetro e é um dos mais pesados do mundo, com quase 19 toneladas. Se você quiser subir no domo e ter uma visão ainda mais incrível de Paris, é possível, basta ter disposição para subir 300 degraus (não tem elevador!). A entrada se faz pelo exterior da Basílica, pelo lado esquerdo e custa 8 euros.

MONTMARTRE
A Sacré Cœur está localizada no ponto mais alto de Paris e desde a época da ocupação romana este lugar já abrigava templos dedicados a Marte e Mércurio. A colina de Monmartre havia também abrigado uma capela dedicada a Saint Denis, o primeiro mártir de Paris. Montmartre foi, desde sempre, um lugar sagrado, um lugar de culto e adoração.
Hoje o bairro é um dos mais charmosos da capital, conhecido pelos seus cafés, cabarés e ruas repletas de artistas (e turistas!). Ali também foram filmadas várias cenas do filme o Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Aqui no Le Plat du Jour já foi publicado um vídeo com um passeio pelo bairro e, de quebra, a receita do famoso crème brûlée. Para assistir clique aqui.

COMO ACESSAR
Basilique du Sacré Cœur. Parvis de la Basilique. Paris – 75018
Metrô: Linha 2 (Anvers e Pigalle) ou Linha 12 (Julles Joffrin, Pigalle e Abesses)
Horários de funcionamento: 6h à 22h30 (para visitar a igreja) e 8h30 às 20h (para a visita da Cripta e do Domo. De outubro a abril das 9h às 17h).

Helena Ribeiro é brasileira, atriz e mestre em Estudos Teatrais pela Universidade Paris 8. Atualmente cursa o segundo ano de História da Arte e Arqueologia na Universidade Paris-Sorbonne e organiza passeios culturais guiados por Paris junto com sua amiga, a também brasileira, Caroline. Para saber mais sobre os passeios, clique aqui.